ECOBIO Produtos Orgânicos
Olá, Visitante! Conecte-se em sua conta ou cadastre-se.

Edição da Biofach 2009 mostrou que a agricultura orgânica caminha para conquistar um mercado cada ve

Publicada em 11 de Janeiro 2011.

O segmento de produtos orgânicos é um mercado em expansão no Brasil e no mundo. Prova disso é o crescimento da Biofach América Latina, maior feira do setor, realizada no início do mês em São Paulo. A 7ª edição do evento serviu de vitrine para o lançamento de produtos e também para discutir os principais temas relacionados à área. 

A primeira edição, realizada em 2003 contava com 80 expositores, número que chegou a 300 este ano. “Antigamente, ninguém sabia o que era orgânico, mas hoje em dia está ficando uma coisa mais popular”, diz a coordenadora do evento, Rosina Cordeiro.

“A agricultura orgânica brasileira está caminhando para conquistar um mercado expressivo, tanto no País como em outros mercados”, afirmou o coordenador de Agroecologia do Ministério da Agricultura, Rogério Dias, durante abertura da Bio Fach.
De acordo com dados da Federação Internacional de Movimentos de Agricultura Orgânica, o Brasil é o terceiro maior país com áreas destinadas à plantação de orgânicos: 1,8 milhões de hectares, atrás somente de Austrália (12 milhões de hectares) e Argentina (2,8 milhões de hectares).


Legislação

 
A agricultura orgânica no Brasil passou a ter regras regulamentando, desde o funcionamento do sistema de produção na propriedade rural até os pontos de comercialização, com a publicação de um decreto em 2007. Em maio deste ano foram divulgadas três instruções normativas e a partir de janeiro de 2010, os produtos orgânicos deverão estampar em suas embalagens o Selo Brasileiro de Conformidade Orgânica. Os produtos comercializados pelos agricultores familiares, diretamente aos consumidores, não precisam do selo oficial, basta que estejam cadastrados no Ministério da Agricultura. “A regulamentação do setor e a maior exigência por sistemas produtivos sustentáveis tornam o mercado de orgânicos cada vez mais interessante”, opina o pesquisador da Embrapa Pantanal André Morais.

Para informar a população e incentivar o consumo de alimentos orgânicos, o Ministério da Agricultura criou um site que pode ser acessado no endereço: www.prefiraorganicos.com.br.